Font Size

Cpanel

Depoimentos

Como pode uma carne ser tão gostosa e ao mesmo tempo light?

Veja esse e outros depoimentos de pessoas que já experimentaram a carne de búfalo

Home

A carne de búfalo é a única a possuir certificação light federal.
55% menos calorias que a carne bovina.
40% menos colesterol que a carne bovina (responsável pela morte prematura de mais de 35% da população por doenças cardiovasculares e diabetes).
11% mais proteína que a carne bovina.
10% mais minerais que a carne bovina.
12x menos gordura que a carne bovina.
OMEGA 3 (previne doenças degenerativas como câncer, diabetes, mal de alzheimer, obesidade, etc) abaixo apenas do peixe.

Mas então o gosto da carne de búfalo é inferior ao da carne de boi? 
Não, pelo contrário! A carne bubalina possui o mesmo sabor e textura da carne bovina. É uma carne indicada para dietas e regimes para emagrecimento. Em testes cegos onde são oferecidas as carnes bovinas e bubalinas sem identificação, ninguém percebe a diferença no sabor. Uma pequena minoria de paladar mais aguçado percebe a carne bubalina como mais saborosa e tenra do que a carne de boi.

Muito apreciada em países como Estados Unidos, a carne bubalina ganhou novos adeptos no Brasil, especialmente na região Sul. No Rio Grande do Sul por ex, a procura por carne bubalina aumenta a cada dia, e já se sente a falta do produto nos pontos de venda.

Como o preço da carne bubalina no Brasil atualmente é equivalente ao preço da carne bovina, muitos frigoríficos vendem a carne bubalina como sendo carne bovina. 
Com certeza a dona de casa e a maioria das pessoas já comeram um bife de búfalo e não notaram qualquer diferença entre as carnes”, afirma o presidente da Associação de Criadores de Búfalos de MS, Antônio Rozario Migliorini.

Por ser mais rústico que os outros bovinos, o búfalo consome menos remédios e pode ser criado sem agrotóxicos.

Na Itália (país de origem da mozzarella), não é reconhecido oficialmente o produto nem permitido usar esse nome (mozzarella), se não for elaborado exclusivamente com leite de búfala.

Muçarela, mozarela ou mussarela provém do italiano mozzarella, diminutivo de mozza, que significa que o leite foi talhado com uma espécie de fungo chamado mozze.

O que conhecemos no Brasil como mussarela (musarela, muçarela, muzarela, muzzarella ou mozarela) é na realidade um queijo de qualidade inferior produzido a partir do leite de vaca, que é mais amarelo e calórico. A mozzarella feita de puro leite de búfala é mais macia, adocicada e possui mais nutrientes.

Fique atento ao selo de pureza da ABCB para ter certeza que a mozzarella de búfala é realmente feita com 100% de leite de búfala: as falsificadas (feitas com leite de vaca) são mais borrachudas e utilizam produtos químicos para branquear (já que o leite de vaca é mais amarelo).

Os italianos chamam a mozzarella de búfala de "ouro branco", tamanha a importância desse queijo em um país que preza pela alimentação saudável.

 

59% mais cálcio (prevenção de osteoporose e cáries) que o leite da vaca bovina.
47% mais fósforo (dentes sadios e bom funcionamento do cérebro) que o leite da vaca bovina.
30% menos colesterol que o leite da vaca bovina.
O dobro de ácido linoléico (que ajuda na prevenção do câncer e da diabetes) em relação ao leite de vaca bovina.
Maior teor de vitaminas A,D e B2 que o leite de vaca bovina.
Por possuir menos lactose, o leite de búfala é uma opção para os que sofrem de intolerância à lactose.
O leite de búfala foi o alimento que eliminou mais rapidamente os resíduos tóxicos da radioatividade após o acidente nuclear de Chernobil.
O leite de búfala é famoso na Ásia por suas propriedades afrodisíacas. 
Na Índia, os cientistas descobriram que a baixa incidência de cáries está diretamente relacionada ao consumo de leite bubalino.
O leite de búfala é mais doce que o leite de vaca.